O Eterno Namorado

LIVRO ENVIADO PELA EDITORA
Autor: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 304
Tudo o que acontece na vida de Owen Montgomery é meticulosamente organizado em uma planilha ou lista de tarefas. No trabalho não é diferente, e é graças a sua obsessão por ordem que a Pousada Boonsboro está prestes a ser inaugurada – dentro do cronograma.
A única coisa que Owen jamais previu foi o efeito que Avery MacTavish teria sobre ele. A proprietária da pizzaria em frente à pousada sempre foi amiga da família e agora, enquanto vê em primeira mão a fantástica reforma pela qual o lugar está passando, também observa a mudança gradativa de seus sentimentos por Owen.
Os dois foram namorados de infância, e desde então tinham estado bem distantes dos pensamentos um do outro. O desejo que começa a surgir entre eles, porém, não tem nada de inocente e é impossível de ignorar.
Enquanto Owen e Avery decidem se render à paixão e levar seu relacionamento a um nível mais sério, a inauguração da pousada se aproxima e dá a toda a cidade um motivo para comemorar. Mas quando os traumas do passado de Avery batem à porta e a impedem de se entregar, Owen sabe que seu trabalho está longe de terminar. Agora ele precisa convencê-la a baixar a guarda e perceber que aquele que foi seu primeiro amor pode também ser seu eterno namorado.

Quem já teve uma paixonite quando criança?? Daquelas que pensamos que será eterna igual os contos de fadas?? Pois bem, aconteceu com Avery MacTavish.

Aos seis anos ela já tinha um namorado, ou melhor, um noivo, Owen Montgomery, que também era seu melhor amigo. Apesar de serem muito novos para entender o significado desse compromisso que teve direito até a um anel de diamante rosa, de plástico, claro. O sentimento que surgiu com eles ainda criança, cresceu e amadureceu com o tempo.

Hoje, os dois não conseguem imaginar sua vida sem o outro por perto. A amizade deles é como um porto seguro, e por ela ter surgido quando crianças, eles podem dizer que se conhece melhor que ninguém. Por isso, pensar em transformar essa amizade em algo mais, não passou pela cabeça deles. Até agora.

Quando o destino, ou Lizzy, (a fantasma da Pousada) resolvem agir e o resultado é eles se beijando e despertando um sentimento a muito tempo adormecido. Isso acaba assustando e causando, a principio um desconforto entre Avery e Owen.

Afinal, Owen não sabia que sentia todo esse desejo por Avery, e ela por sua vez, aproveita a chance que aguardou desde a sua infância.

Mesmo sendo melhores amigos, eles não poderiam ser mais diferentes. Avery tem uma personalidade livre, apesar de tentar ser organizada, na maioria das vezes prefere o improviso. Já Owen, tem sua vida meticulosamente planejada, ou achava que tinha, até o dia que Lizzy resolveu ajudar o Destino.

E por se conhecerem muito bem, resolveu ir curtindo dia após dia, e juntos ir tentando resolver os desafios que vão surgindo, que envolvem traumas do passado de Avery, alguns problemas que o futuro pode trazer e a incerteza de que eles querem a mesma coisa?

Eu amei esse livro, não faço segredo que a Nora tem me conquistado cada vez mais a cada livro que leio.

Apesar de ter gostado muito do primeiro livro, esse superou, afinal quem nunca encontrou um Owen e Avery por ai, que tem uma amizade forte, duradoura, que se gostam muito e não percebem, ou que tem medo de arriscar essa amizade importante? E isso deixa a história mais real, o que ajuda a nos identificar com os personagens, quase como se visse dois amigos “descobrindo” seus sentimentos.

O mistério que envolve Lizzy, a fantasma da Pousada, está cada vez mais interessante, mas dessa vez foi revelado à ligação familiar com um dos personagens, o que só me fez querer saber logo o que aconteceu com ela.

E apesar do foco do livro ser Owen e Avery, podemos ver um pouco mais de Beck e Claire, de Um Novo Amanhã, e como suas vidas continuaram. Ryder e Hope, que serão os protagonistas do terceiro livro, O Par Perfeito.

Ao mesmo tempo que desejo que o terceiro e ultimo livro seja lançado e logo, eu já estou triste por ter que me despedir desses três casais e da Lizzy que já conquistaram um lugarzinho no meu coração.

assinatura-viviane

2 comentários:

  1. Poxa que legal essa resenha, eu ainda não li nada da Nora Roberts, mas tanta gente falando bem ela deve ser mesmo tudo isso que falam. A capa está muito delicada, esse vasinho com a flor, deu um ar de delicadeza sem tamanho. E a pergunta: Você acha que esta série e livro seria uma boa indicação para começar a conhecer suas obras?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriana,
      Recomendo muito as obras dela, mas se for pra recomendar uma coleção dela para iniciar, sugiro O Quarteto de Noivas, que por sinal temos resenhas dos quatro livros aqui, é muito leve e tenho certeza que você vai se apaixonar.

      Vivi

      Excluir