Escola de Vilões

Autor: Jen Calonita
Editora: Única
Ano: 2015
Páginas: 192
Será que um vilão pode se recuperar? Gilly não se considera exatamente uma garota má... Porém, quando se tem cinco irmãos e irmãs mais novos, é preciso ser criativo para ajudar nas despesas. Ela é uma ladra muito boa, e disso tem certeza e pode se gabar. Até ser pega. Depois de roubar uma presilha, é sentenciada a passar três meses no Reformatório de Contos de Fadas – no qual os professores são aqueles antigos vilões que já conhecemos, como o grande Lobo Mau e a malvada Madrasta da Cinderela. Quando, porém, ela faz amizade com alguns estudantes, como Jax e Kayla, aprende que esse reformatório vai muito além de sua missão heroica. Há uma batalha ganhando forma e Gilly precisa descobrir: os vilões podem realmente mudar? Descubra o Lado B dos contos de fadas.


Eu sei que já faz um tempo que tenho falado que estou em uma onde de romances históricos, e eu estava louca querendo ler alguma coisa diferente e que não fosse continuação dos livros que já acompanho e clara os tais romances, então eis que me deparei com esse livro, e já na sinopse fui conquistada, então enrolação vou falar do livro.

Ao contrario de outros livros, nesse não vamos conhecer as princesas e príncipes, e sim os vilões e a “reabilitação” de alguns deles.

Gillian Cobbler, conhecido por Gilly, é a filha mais velha do sapateiro de Encantadópolis, e sua família está passando por serias dificuldades desde que os direitos pelos sapatinhos de cristal foram para a fada madrinha. Então para ajudar nas despesas, Gilly acaba roubando os nobres da cidade, afinal eles tem muito e não vão sentir falta.

Mesmo achando que não está fazendo nada de errado, afinal está ajudando sua família, Gilly toma cuidado afinal quem é pego roubando ou fazendo qualquer “maldade” é enviado ao Reformatório de Contos de Fadas. E nem preciso dizer que ela foi pega né???

Enfim, o Reformatório foi criado e dirigido por Flora, a madrasta da Cinderela, e lá todos os criminosos e delinquentes são “transformados” em heróis, ou passaram o resto de sua existência dentro do Reformatório.

Os professores são antigos vilões, como o Lobo Mal, a Rainha Má entre muitos outros.

Todos que estão do lado de fora dos muros do RCF, pensam que o lugar é perigoso, mas Gilly fica surpresa quando percebe que as coisas lá não são exatamente como descrevem.

Logo de caro, ela já faz amizade com Jax, um ex-trapaceiro, e Kayla, uma fada, e como em todo lugar, sempre tem aquelas pessoas insuportáveis, Jocelyn, irmão da Rainha Má. Mas apesar disso, para Gilly a sua nova vida no RCF parecia interessante, até coisas estranhas começarem a acontecer.

Esse livro é muito divertido, para quem curte livro infanto juvenil, o que é meu caso, e mesmo estão cheia de livros com continuações, eu comecei esse sabendo que teria que esperar o lançamento do segundo. Então o final não foi totalmente decepcionante, afinal sabia que teria uma continuação.

Gostei de Gilly, ela é independente, sabe o que quer e ela é totalmente fiel às pessoas que ama.

A mensagem que o livro passa, de que as pessoas mudam e que pode ser pra melhor, e que até as pessoas boas podem cometer erros enormes, mas o mais importante é reconhecer o seu erro e o que vai fazer quanto a isso, achei muito legal.

Então sem sombra de duvida recomendo a leitura.

assinatura-viviane

15 comentários:

  1. Olá!
    Nunca ouvi falar desse livro, mas totalmente adoro contos de fadas, então ele me chamou a atenção, ainda mais por se tratar dos vilões que são deixados de lado constantemente. Porém tenho quase certeza que na lista de leitura, que só cresce, ele não será adicionado tão cedo por não ser um livro único. Poxa, não se fazem mais histórias de um livro só como antigamente? HAHA.
    Ao ler a sinopse e a sua resenha, a primeira coisa que me veio a mente foram os filmes do Shrek, principalmente o terceiro filme, que mostra mais os personagens dos contos de fadas clássicos.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oiiee, tudo bom?
    Curti muito a resenha, e como você eu gosto muito de infanto juvenil, escola de vilões é um livro que já estava na minha lista, tenho certeza de que vou amar a leitura, e nada melhor que uma especie de releitura dos contos, e devo dizer que como você sou apaixonada por romances.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  3. Gosto de livros que foquem nos vilões, até porque livros com princesas já são vários, achei bem divertido os professores da escola serem os antigos vilões, acho que o livro ira trazer um enredo bem complexo, não sabia que teria uma continuação, espero que não decepcione, anotei a indicação e amei a capa

    ResponderExcluir
  4. Olha acho que já comentei inúmeras vezes como sou avessa às releituras de contos de fadas (geralmente eu não gosto mesmo e nem leio). Mas como esse tem uma pegada de ser leitura infanto-juvenil pode ser uma ótima dica apara minha sobrinha que gosta bastante dos contos de fadas e das versões diferentes. Achei que você descreveu de uma maneira encantadora e até eu que não gosto fiquei com vontade de ler! hahahahahah

    ResponderExcluir
  5. Olha, achei muito bacana!
    Não conhecia o livro e gostei bastante, pois é um "conto de fadas" diferente né?
    Vai entrar para a minha lista de leituras.
    Ah, a capa é tão linda <3

    ResponderExcluir
  6. Oi Viviane, tudo bem?
    Que capa linda, compraria só por essa capa kkk
    Que diferente, um livro sobre vilões, eu adoro livro infanto-juvenil também, mas não conhecia esse. Gosto de livro que passam uma mensagem no final, e parece ser uma leitura rápida e fluida não?
    Outra coisa que adoro é personagem independente, já me conquista por isso.
    Ótima resenha, beeeijos!
    Lost Words

    ResponderExcluir
  7. Desde que lançou, fiquei com muita vontade de ler esse livro! Quero muito mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Estou doida de vontade de ler esse livro faz tempo, adoro histórias que recontam contos de fadas ou usam os contos de fadas de alguma forma. Não me importam clichês nem nada disso, eu apenas gosto muito. Depois de ler sua resenha tive certeza de que vou amar esse livro e pretendo ler o mais rápido possível.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é muito amorzinho, a tempos estou querendo ele!
    É sempre bom ver o lado B da historia, pois nunca sabemos o real motivos para os vilões fazerem aqueles atos, só ouvimos o lado do "bem" sem questionar nada

    ResponderExcluir
  10. Esse livro parece ser muito legal. A capa é chamativa e criativa, é um livro que tenho interesse em ler, principalmente por ser divertido.

    ResponderExcluir
  11. Oi Viviane
    Não conhecia o livro e a autora, porém gostei muito! Já estou pensando em dar de presente pros sobrinhos.
    E que bom que passa a mensagem de que sempre dá pra voltar atrás, corrigir o erro e seguir mudando positivamente.
    Muito legal!!!! :)
    um super abraço

    ResponderExcluir
  12. eu tô louca para ler esse livro, a única coisa que está me segurando é justamente o fato de ser uma série, um pouco cansada de ler coisas sem fim. essa capa é muito fofa, né? sem falar que vê os personagens maus do contos de fadas deve ser bem legal!

    ResponderExcluir
  13. Adorei essa sinopse também e tenho uma queda por vilões, então me conquistou fácil. A ideia dele também é bem bonita mesmo. Que uma pessoa possa mudar e que o costumeiro bonzinho também erra...
    Quando leio sobre um vilão sempre fico torcendo por uma mudança de caráter, que se apaixone ou se redima de alguma forma e coisas assim. E é bom quando o mocinho não é clichê e sim humano, que faça burradas. Acho que ele seria muito bom de ler. Iria gostar.

    ResponderExcluir
  14. Que legal!

    Achei uma boa sacada a história de Reformatório de Vilões.
    O livro parece ser leve e divertido.

    Me interessei! :D

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Quando vi esse livro no lançamento a capa logo me chamou atenção e gosto muito das releituras dos contos de fadas, lendo a resenha gostei bastante da historia achei diferente e fiquei curiosa para saber mais se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir