Magia do Sangue

Livro envidado pela Editora para Resenha
Autor: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 288
Há muitos anos, Branna O’Dwyer entregou seu amor a Finbar Burke. No entanto, o romance durou pouco. Uma maldição ligada ao sangue de suas famílias os proibiu de ficar juntos.
Branna tentou preencher esse vazio com amigos e familiares, mas sabe que, sem Fin, sua vida nunca estará completa. Ele, por sua vez, passou os últimos doze anos viajando pelo mundo, focado exclusivamente no trabalho.
Atormentados pela forte atração que nem a distância pôde aplacar, nenhum dos dois acha que um dia se entregará de novo ao amor.
Entretanto, em meio às sombras que ameaçam destruir tudo o que eles consideram mais precioso, esse relacionamento sem futuro pode ser também a última esperança que lhes resta.


Esse é o terceiro e ultimo livro da trilogia Primos O’Dwyer. E nos livros anteriores conhecemos os casais Iona/Boyle e Connor/Meara que junto com a Branna e Finbar formavam o circulo.

Nos dois primeiros livros Iona, Connor e Branna, tentaram derrotar Cabhan, o bruxo das trevas, e em meio disso, dois casais foram formados. E nesse livro encontramos o desfecho dessa história do bem contra o mal, e do ultimo casal, Branna e Finbar.

Branna e Fin se apaixonaram ainda jovens, e tiveram um tempo para viver esse romance, até que a maldição de sangue caiu sobre eles e foram separados.

Fin não sabia que era descendente de Cabhan, ou seja, que carregava a maldição que Sorcha lançou nas futuras gerações do bruxo e com isso a marca. E foi essa marca que fez Branna terminar o namoro, pois tinha um juramento com sua família e Sorcha.

Mais de doze anos separados, e com os três juntos Branna e Fin se veem na situação de precisarem trabalhar lado a lado, e isso machuca muito os dois. Mesmo possuindo a marca, Fin luta do lado do bem, e deseja mais que tudo destruir o homem que acabou com as suas chances de felicidade.

Os seis estão mais unidos e o desejo de acabar com a maldição só cresce, afinal não desejam passar essa responsabilidade para as futuras gerações.

Considerando os livros anteriores, eu confesso que esperar mais do desfecho dessa história.

O desenrolar do romance de Branna e Fin, foi dentro do previsto, apesar de que a autora conseguiu me surpreender com um ou dois acontecimentos que ela guardava na manga e que sinceramente não esperava.

Quanto ao fim ou não de Cabhan, boa parte foi como imaginei que seria, mas tudo aconteceu tão rápido que fiquei perdida não meio da narração, e quando percebi tudo já tinha acabado, foi meio decepcionante.

Mas no geral, posso dizer que a história toda, juntando os três livros, vale muito a pena ler.

assinatura-viviane

Nenhum comentário:

Postar um comentário