Desejo à Meia-Noite

Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Páginas: 272
Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de se casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida. Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmios de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês, Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nunca se acostumou com a vida na sociedade londrina. Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem. Mas parece que o destino já traçou outros planos.Quando se muda com a família para a propriedade recém-herdada em Hampshire, Amelia acredita que esse pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways. Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera. E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan, que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e seus sentimentos.Será que Rohan, um cigano que preza sua liberdade acima de tudo, estará disposto a abrir mão de suas raízes e se curvar à maior instituição de todos os tempos: o casamento?


Desejo à Meia-Noite é o primeiro livro da coleção Os Hathaways. Como devem imaginar, as histórias são sobre irmãos, 5 no total, e suas aventuras e paixões. Cada livro narra a história de um Hathaway, mas mesmo que cada livro tenha inicio, meio e fim, é importante que leia na sequencia, do contrario, vai pegar muito spoiler dos livros anteriores.

Sendo assim, começamos com a história de Amelia.

Ela é jovem, mas para os padrões londrinos, já passou faz um tempo, da idade de casar. Isso porque depois de ter seu coração despedaçado, ela decidiu desistir do amor e se dedicar totalmente a família.

Nesse começo, conhecemos mais sobre a família Hathaway, e suas particularidades, que são muitas, as perdas que resultou nas muitas confusões que ainda vão acontecer e claro no principal motivo da família ser tão unida. E vou falar, logo de inicio, já me vi totalmente envolvida por eles, pois apesar de todo o drama que envolve essa família, posso dizer que muitas vezes me peguei rindo também.

Como todo romance de época, temos o romance, um pouco clichê, mas muito cativante. Afinal todo romancista já sonhou em ter um romance à luz do luar e das estrelas.

Amelia é típica mocinha de romance de época, forte, destemida, controladora e dona de si. Principalmente depois da morte de seus pais, onde acabou assumindo muitas responsabilidades, e passou a ter o papel de mãe para seus irmãos. E isso só contribuiu para ela preferir a segurança sobre o que ela já sabe e conhece, do que a incerteza do desconhecido.

Mas isso muitas vezes pode ser confundido com teimosia, e é exatamente isso que acontece quando Cam Rohan, um mestiço (meio cigano e meio irlandês), aparece para tornar a vida dos Hathaways ainda mais excêntrica.

O relacionamento dos dois é bem previsível e claro instantâneo, mas é envolvente e muitas vezes imprudente, ou seja, fascinante.

O livro a principio, parecia ser só mais um romance de época, mas a autora, soube colocar diversos acontecimentos, vindas e idas do destino, no decorrer dos outros livros (vou falar mais disso nas próximas resenhas) que transformaram essa coleção em algo viciante.

A Lisa, em conquistou de jeito, assim com a Julia Quinn, a escrita é contagiante, cheia de detalhes, mas leve, o que não torna nem um pouco cansativa. Tanto que li os cindo livros em seis dias.

Os personagens são bem estruturados, e já posso adiantar que é bem visível a evolução no decorrer dos livros.

Não conhecia o trabalho da Lisa, mas já se tornou umas das minhas autoras preferidas em quesito romance de época. Eu suspirei, ri, ganhei novos personagens durante a leitura, ou seja, fui conquistada.

Fiquem ligados que na sequencia teremos as resenhas dos outros quatro livros da coleção.

assinatura-viviane

Nenhum comentário:

Postar um comentário