Métrica


Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Páginas: 304
Métrica - O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina.Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Seis meses após a morte de seu pai, Layken, precisa além de mostrar que está superando esse trauma, ainda lidar com a mudança repentina para Michigan com sua mãe, Julia, e seu irmão, Kel.

Para Lake, não é fácil deixar as lembranças que ainda tem do pai para trás. Então aos 18 anos, revoltada e infeliz, ela não via nada pior, e já odiava por antecedência tudo que tinha relação com Michigan, mesmo tentando mostrar o quanto era forte para seu irmão e mãe.

Mas claro tudo sofre uma grande mudança de perspectiva, quando ela chega ao novo lar e conhece Will, seu novo vizinho de 21 anos.

Automaticamente seu irmão, se torna o melhor amigo do irmão de Will, Caulder, e assim seus caminhos sempre acabam se cruzando. E a partir dai surge uma amizade um tanto quanto acalorada, pois a conexão dos dois é instantânea, como duas almas gêmeas.

Então quando Lake sente que as coisas estão começando a melhorar e a entrar nos eixos, ela precisa retornar as aulas e sua vida vira de cabeça para baixo novamente.

Adorei a sensibilidade da Colleen em abortar temas fortes, mas com suavidade, deixando nós leitores muito envolvidos com a história.

Confesso que não conhecia a banda The Avett Brothers, que foi a escolhida para ser a trilha sonora do casal Lake e Will. Mas depois de terminar esse primeiro livro já providencie algumas musicas para ouvir.

Os personagens são totalmente envolventes, cometem erros, deixando eles mais humanos, mas sem deixar de fora as suas características particulares tornando eles únicos.

Will que com apenas 21 anos (como se eu fosse muito mais velha que isso), já viveu uma história bem difícil e hoje tem que carregar uma grande responsabilidade. Por isso muitas vezes ele refugia ou se liberta através do Slam, o que ajuda a compreender muitas de suas atitudes.

Lake, que ainda precisa amadurecer, mas já vemos uma mudança do começo para o fim do livro. Sua personalidade é bem forte, e vemos que o seu amor pela família não tem limites.

Os que seriam personagens secundários, Julia, Kel, Caulder, Eddie, entre outros, são extremamente importantes para muitos dos acontecimentos da história e todos são maravilhosos.

Mesmo achando que tudo aconteceu muito rápido entre o casal de pombinhos, eu adorei cada momento.

Esse foi o primeiro livro que li da autora, e claro não parei por ai, li essa trilogia toda, e já estou ansiosa para ler outros títulos dela.

assinatura-viviane

Nenhum comentário:

Postar um comentário