Hallucionogének


Olá Devoradores!
Como disse no Li e Comento anterior, hoje também teremos a resenha de um conto.
Vamos lá.

Autor: Sarah Marques
Editora: Independente
Páginas: 9
Ano: 2014
Uma família normal, em uma cidade normal, com um filho aparentemente normal. E um jogo de computador inofensivo. Será? Quais as consequências de um mundo paralelo para uma criança e onde termina a realidade e começa a ficção? Até que ponto o que é digital não é verdadeiro? Joaquim provou da fruta, o que será que ele descobriu?

Esse conto é sobre Joaquim, uma criança de 12 anos que tem dislexia, tanto que foi dispensado pelo colégio até o fim do ano e sugerido que ele tenha aulas particulares.

Seu pai, Antônio, que em seu trabalho tem como função impedir que as pessoas acessem jogos considerados perigosos, trabalha boa parte do dia em casa. E sua mãe, Marcia, é a típica dona de casa...

Tudo está normal, até que Marcia, em um pequeno acidente quebra em cima de seu pé uma copo de vidro, obrigando ela e o Sr. Antônio irem para o hospital, de tão fundo os cacos entraram.

Assim Joaquim se vê sozinho em casa, com acesso livre no notebook de seu pai. Com a intensão de somente navegar pela internet, Joaquim é surpreendido com um jogo, que claro, logo ele começa a jogar...

A história desse conto é completamente diferente das que já tenho lido. O que é uma coisa boa. O final me deixou com a pulga atrás da orelha, e querendo saber mais.

A escrita é boa, e o conto, apesar de só ter nove páginas, te prende bastante. A Sarah está de parabéns, espero poder logo outro conto dela, só espero que o nome do próximo seja mais fácil de falar kkkkk.

Com toda a certeza recomendo a leitura de mais esse pequeno, levei nem dez minutos para ler ele, conto.

assinatura-viviane

3 comentários:

  1. Gosto muito de ler contos, pois são leituras rápidas. O ponto negativo é que sempre quero me aprofundar nas histórias.
    Fiquei super curiosa com esse conto. Com certeza, vou ler.

    ResponderExcluir
  2. Oi Vivi, tudo bom?
    Ahhhh, to apaixonada por sua resenhinha! Fazer resenha de conto não é nada fácil, né?
    Amei que você curtiu o conto e espero que você continue gostando dos próximos, que vou sempre tentar divulgar e lançar de graça para vocês!
    Obrigada, obrigada, obrigada!
    Beijão
    http://www.sarahmarques.com.br/

    ResponderExcluir
  3. To devendo resenha pra Sarah, Victor e Rick!
    (devo não nego, escrevo quando puder e tiver tempo!) kkkkkkkkkk
    Não seu pronunciar o nome do conto é tipo o Rumpelstiltskin dos contos de fada!
    Quem sabe com umas aulas de fono né?! hahaha

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir