O Prisioneiro de Azkaban


Autor: J. K. Rowlin
Editora: Rocco
Ano: 2000
Páginas: 348
As aulas estão de volta a Hogwarts e Harry Potter não vê a hora de embarcar no Expresso a vapor que o levará de volta à escola de bruxaria. Mais uma vez suas férias na rua dos Alfeneiros, 4, foi triste e solitária. Tio Válter Dursley estava especialmente irritado com ele, porque seu amigo Rony Weasley tinha lhe telefonado. E ele não aceitava qualquer ligação de Harry com o mundo dos mágicos dentro de sua casa. A situação piorou ainda mais com a chegada de tia Guida, irmã de Válter. Harry já estava acostumado a ser humilhado pelos Dursley, mas quando tia Guida passou a ofender os pais de Harry, mortos pelo bruxo Voldemort, ele não agüentou e transformou-a num imenso balão. Irritado, fugiu da casa dos tios, indo se abrigar no Beco Diagonal. Lá ele reencontra Rony e Hermione, seus melhores amigos em Hogwarts e, para sua surpresa, é procurado pelo próprio Ministro da Magia. Sem que Harry saiba, o ministro está preocupado com o garoto, pois fugiu da prisão de Azkaban o perigoso bruxo Sirius Black, que teria assassinado treze pessoas com um único feitiço e traído os pais de Harry, entregando-os a Voldemort. Sob forte escolta, o garoto é levado para Hogwarts. Na escola as dificuldades são as de sempre: Severo Snape, o professor de Poções, o trata cada vez pior, enquanto ele tem de se esforçar nos treinos de quadribol, e levar Grifinória à vitória do campeonato. Para piorar a situação, os terríveis guardas de Azkaban, conhecidos por dementadores, estão de guarda nos portões da escola, caso Sirius Black tente algo contra Harry. Por fim, Harry tem de enfrentar seu inimigo para salvar Rony e obrigado a escolher entre matar ou não aquele que traiu seus pais. Com muita ação, humor e magia, Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban traz de volta o gigante atrapalhado Rúbeo Hagrid, o sábio diretor Alvo Dumbledore, a exigente professora de transformação Minerva MacGonagall e o novo mestre Lupin, que guarda grandes surpresas para Harry.

Seguindo o mesmo padrão dos livros anteriores, O Prisioneiro de Azkaban inicia com Harry no meio de suas férias de verão, ou seja, no seu aniversário. Seus tios continuam não aceitando que ele é um bruxo como seus pais. E como Harry já está acostumado a ignorar tudo isso, ele passa os seus dias fazendo os deveres de casa escondido a noite quando já está trancada em seu quarto.

Mas certo dia, Harry vê no noticiário dos trouxas, a noticia sobre um fugitivo, e que ele mais tarde acabou descobrindo que era um bruxo que fugiu de Azkaban e que ele fez parte da sua história.

Com 13 anos todos os alunos de Hogwarts podem visitar a aldeia de Hogsmeade, mas para isso precisam da autorização dos pais ou tutores. Para conseguir a autorização do seu tio, Harry vai precisar se comportar bem durante a estada da tia Guida, que por sinal é muito chata. É claro que as coisas não acabariam bem né, depois de ouvir tantos insultos aos seus pais, Harry acaba explodindo e fazendo a tia Guida virar um grande balão, e foge de casa.

Durante a sua fuga, de alguma forma ele consegue fazer um sinal e o Noitubus, uma grande e mágico ônibus aparece e leva ele para o Beco Diagonal, onde por fim ele encontra toda a família Wesley e acaba se preparando para iniciar mais um ano letivo, que promete ser cheio de aventura, tanto quanto os anteriores.

Mais uma vez encontramos a narrativa em terceira pessoa, mas com o foco sempre no Harry.

Esse livro nos trás novo nível de mistérios, e as descrições são muito bem feitas, fazendo mais uma vez o leitor entrar totalmente na história. Explicando tudo no final e ainda deixando uma ponta para o próximo livro.

Sou totalmente suspeita para falar dessa saga, pois foi a que mais me marcou e a que se tornou a minha preferida.

Então não preciso dizer que recomendo a leitura.

assinatura-viviane

11 comentários:

  1. Dá pra acreditar que eu nunca li nenhum os livros do Harry?
    Adoro esse clima de fantasia e a temática de bruxos, está na minha listinha.

    Bjok

    ResponderExcluir
  2. Parceria ?

    http://dominiodelicia.blogspot.com.br/p/paraiso-sombrio.html


    Aceita ?

    ResponderExcluir
  3. Oiiieeee
    Ainn, HP será sempre HP! Amooo de paixão!
    Apesar de ler todos os livros, eu parei no Calice de fogo... Vou ver se faço uma maratona e pego todos e resenho... Não fiz resenha deles!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Viviane
    Só de ler sua resenha, fiquei morrendo de vontade de reler Harry Potter. Esse livro é um dos meus preferidos na série.

    ResponderExcluir
  5. Oi Viviane.
    Até hoje não li HP, mas vi os dois primeiros filmes.
    Mas, ainda vou ler um dia.

    ResponderExcluir
  6. Eu assisti e tenho todos os filmes e assisti várias vezes cada um rs.
    Mas os livros não tenho nem unzinho e nunca li rsrs. Acho que como comecei assistindo no cinema, eu não consigo ler o livro. Fora que não leio infanto juvenil, mas no cinema assisto, mas ótimo filme e acredito que o livro seja tão bom quanto,
    beijos.

    ResponderExcluir
  7. Eu li só dois livros de HP, mas assisti todos os filmes e sempre que esta passando na tv eu assisto novamente. HP é um sonho, um mundo de magias.

    ResponderExcluir
  8. Oi Vivi, tudo bom?
    Esse livro é o meu preferido de toda a saga. Foi o primeiro que eu ganhei e li ele mais de 7 vezes! É meu tesouro! Amo quando vejo resenhas de HP, ainda vou fazer no meu blog como uma espécie de homenagem!
    Beijos
    Endless Poem

    ResponderExcluir
  9. Eu nunca li HP... vergonhoso isso, né?
    E pior que tem tantas capas e opções diferentes que sei lá qual escolher...
    Curto este universo de magia e bruxaria. A dica é mega válida!
    Só leio elogios da saga... uma hora eu me aventuro ;)

    ResponderExcluir
  10. Viviane!
    Ser fã do Harry é uma mania incansável.
    Os filmes são ótimos, mas os livros... são ainda melhores porque colocam nossa imaginação para funcionar, invadimos a história querendo desvendar os mistérios e fico pensando que inspiração divina foi da autora em criar o Harry e sua turma.
    Amo.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  11. Amo Harry Potter! Só falta Relíquias da Morte pq de fato eu não consigo, não consigo, terminar a saga, já revi os filmes milhões de vezes e sei quase todas as falas.
    Prisioneiro de Azkaban acho perfeito, uma das melhores - na minha opinião- depois de A pedra filosofal (✯◡✯)

    ResponderExcluir