Sem Clima para o Amor


Autor: Rachel Gibson
Editora: Jardim dos Livros
Ano: 2014
Páginas: 318
Sem Clima para o Amor é um livro divertido, daqueles que te faz suspirar. A principal personagem, Clare Wingate é assim, uma hora sofre porque o vestido rosa-choque não será mais usado, num outro momento pega o namorado em posição constrangedora com outro homem e depois, quando decide dar uma trégua e se dedicar apenas ao trabalho, encontra o amigo de infância, Sebastian Vaughan. Os beijos são inesquecíveis e ela não tem vontade de ir embora.

Claire vai levando sua “vida perfeita”, com o trabalho, cuidado da sua casa e curtindo o noivo dos seus sonhos, ou quase. Famosa por ser uma escritora de livros um tanto quentes voltados principalmente para o público feminino, ela vê sua vida pernas para o ar, ao chegar a casa e pegar o seu noivo com outro homem em seu closet. Um grande trauma.
Mesmo assim ela vai ao casamento de sua amiga, e tenta segurar a barra sozinha, até o dia seguinte, quando acorda na cama estranha e com um desconhecido tomando banho.
Alguns dias depois ele visita a sua mãe, pare então reencontrar o filho do caseiro, que por acaso era o mesmo cara do hotel. Sebastian.

Eu nunca tinha lido um livro da Rachel Gibson, mas posso dizer que é totalmente envolvente. Os personagens são bem construídos, com defeitos e qualidades, tornando a leitura leve.
Mesmo sendo uma história cheia de clichês, eu adorei cada parte, e totalmente ansiosa pelo final.
Claire é uma mulher forte, apesar do trauma que passou, tenta encontrar respostas para algumas perguntas que começam a surgir, como por que seu noivo a traiu? E com um homem? Será que vale a pena investir em mais um romance? O que de certa forma ajuda ela a terminar o seu mais novo romance hot.
Sua mãe não aceita muito o fato de Claire escrever romances feministas, mas isso não impediu de Claire continuar a fazer o que ama, na verdade essa é uma das poucas coisas que ela faz independente da opinião da mãe.
O relacionamento das duas é uma das coisas que são trabalhadas durante o livro, não tem um foco grande, mas podemos observar uma grande evolução.
Sebastian é o típico mocinho badboy, mais pra badboy que para mocinho, que sempre queremos encontrar nos livros. E o seu objetivo foi tentar a leitura toda, desarmar Claire.
Ele também tem um probleminha de relacionamento com o pai, e que também é trabalhando durante todo o livro.
Encontrei durante a leitura alguns problemas de concordância, nada que atrapalhe a leitura, mas acho que é algo para ser corrigido na próxima edição.
Pretendo ler outros livros da autora, e recomendo a leitura desse livro, por ser leve, muito divertido, rápido e claro, ter o romance, que sempre alegra um pouco nossas vidas, principalmente depois de uma leitura um pouco pesada.

Avaliação: 
assinatura-viviane

13 comentários:

  1. Eu adoro esse tipo de leitura, e tenho certeza que vou adorar esse! Queria muito ler algo da Rachel, e essa seria uma ótima escolha...
    Nossa, realmente, deve ser traumatizante pegar seu noivo com outrO! E ela fica com o filho do caseiro!? Eu não costumo gostar muito de bad boys, mas se ele não for tanto, tenho certeza que vou curtir (eu adoro um Patch da vida haha)
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  2. Oie!

    Já vi varios blogs comentando sobre este livro. Tbm não li nada da autora e por isso estou bem curiosa.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  3. Oii Viviii!
    Adoro chik-lit!! Li a sinopse dele e estava ansiosa por uma resenha!
    Adoro esses livros leves! E os bad-boys.. lá lá lá...
    hahahaha

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  4. Oii.. também estou com vontade de ler esse livro, semana passada quase comprei,
    Adorei seu blog, já estou seguindo.

    http://www.agarotaeoseulivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Beeem diferente, apesar de parecer bem leve e divertido.
    A questão da traição é beeem punk, hehe.
    Pela capa não esperava tudo isso da estória.
    Adorei a resenha. Fiquei muito a fim de ler o livro :)

    ResponderExcluir
  6. Oi Vivi! Faz tempo que eu não leio nenhuma chick lit e eu vi muitos comentários positivos sobre esse livro. A capa é bem simples né, mas dá pro gasto...
    Achei a trama totalmente fora dos padrões, o que me chamou bastante atenção.
    Beijão
    Endless Poem

    ResponderExcluir
  7. Eu acredito que sou o contrário de muitas mulheres, ia preferir ser traída com um homem que com uma mulher, afinal eu poderia aceitar que ele descobriu sua preferencia, mas traição gratuita? Tsc.
    Desejo ler esse livro.

    http://www.some-fantastic-books.com/

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nenhum livro dessa autora , mas ela anda recebendo tantos elogios que fiquei curiosa quanto ao livro , mesmo aparentando ser meio clichê.
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

    ResponderExcluir
  9. Oi, eu li somente um livro da autora, que foi Loucamente sua, eu amei o livro muito legal, quando vi Sem clima para o amor pela primeira vez fiquei super curiosa para ler, mas pelo visto o livro não é grande coisa, mas acho que daria um ótimo passatempo e eu adoraria ler.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Ainda não tive a oportunidade de ler um livro dessa autora, mas só pelo título do livro dá vontade de ler, e quando se trata de uma história que prende o leitor, fica melhor ainda.

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho um livro da autora em casa e não sei porque nunca parei para ler! A premissa de seus livros é ótima, além de terem capas lindas *-*
    Ah, badboys literários, alguem consegue resistir a ele? hhhhaha

    Beijinhos, Dreeh.
    Livros e tudo que há de bom

    ResponderExcluir
  12. Gostei desse livro por ele ser bem leve e engraçado. Foi uma leitura diferente para mim. Gosto de enredos mais densos, mas esse foi um daqueles livros bem levinhos, mas que foram extremamente agradáveis.
    Adorei a resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista

    ResponderExcluir
  13. Já li outras resenhas sobre o livro, porém é outro que não chamou minha atenção o suficiente para que eu ficasse louca por ele.

    ResponderExcluir