A Princesa e o Plebeu (Filme)


Direção: William Wyler
Gênero: Comédia Româtica
Duração: 118 minutos
Distribuidora: Paramount
Ano: 1953
Ao visitar Roma, Ann (Audrey Hepburn), uma princesa, resolve "passear" anonimamente e se envolve com Joe Bradley (Gregory Peck), um repórter que, ao reconhecê-la, tem a oportunidade de um "furo", mas resolve por preservar Anne.

Olá, Devoradores!
O filme que eu deixei para ser adivinhado na última postagem sobre filmes é Os Miseráveis, baseado no clássico de Victor Hugo.
Mas, eu vou ter que me desculpar, pois não irei falar sobre ele hoje. Não consegui passar dos primeiros 40 minutos do filme. Achei chato, o que eu deveria ter previsto já que são poucos os musicais que me agradam. Aquelas falas cantadas... Não gostei!
O mesmo acontece com os filmes clássicos. São tão enaltecidos, tão ovacionados, e eu quase sempre não vejo nada demais. Contudo, hoje eu vou falar um pouco da exceção: um clássico que eu adorei.
Irei falar sobre A PRINCESA E O PLEBEU.
Uma amiga, a fim de me fazer mudar de ideia em relação aos clássicos me emprestou esse filme. E ela acertou.
Foi no filme A Princesa e o Plebeu que eu me encantei com a carismática atriz de Hollywood, Audrey Hepburn, que conquistou o mundo com seu charme e ar de inocência. Sua atuação impecável no filme lhe rendeu o Oscar de melhor atriz.
Trata-se de uma comédia romântica toda filmada em Roma, na qual a atriz belga, Audrey Hepburn, com apenas 24 anos, faz par romântico com Gregory Peck, que tinha 37 na época.
Apesar de ser da década de 50, e de ser em PRETO E BRANCO, a sensação que eu tenho é de que o filme é tão atual. A Princesa é encantadora, cheia de personalidade e vontade de viver a vida – com o perdão do pleonasmo - além dos muros do seu palácio, e o Plebeu é um malandro, um jornalista que, ao reconhecê-la, vê-se diante da chance de dar o maior “furo” de sua carreira. Mas ele acaba se rendendo ao carisma da Princesa. É muito legal de se assistir. O filme é lindo!

6 comentários:

  1. Olá!
    Ainda não vi o filme mais vou anotar o nome, obrigada pela indicação ^^

    Beijos
    @blogscl
    http://sonhando-com-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabi,aqui é o Luiz,já ouvi falar mto bem desse filme, mas ainda não assisti :(

    Filmes em preto e branco só assisti alguns do Mazzaropi e Tempos Modernos do Charles Chaplin (mto legal e engraçado)

    beijo

    ResponderExcluir
  3. Giovanna, o filme é uma gracinha,
    tenho certeza que vc irá gostar ;)

    Luiiiiiz,
    Não sei se esse é o seu estilo de filme, mas A Princesa e o Plebeu é muito bonitinho ^^

    ResponderExcluir
  4. Eu não ia me anima a ver por ser preto e branco, mas como você falou dele parecendo ter gostado tanto me deixou com vontade de ver.

    ResponderExcluir
  5. Assista que vc não irá se arrepender, Cath's!
    Não sabia que era em preto e branco quando minha amiga me emprestou, fiquei decepcionada quando percebi, mas depois nem liguei e acabei me encantando com a estória do filme. :)

    ResponderExcluir