Leio, Logo Comento: A Culpa é das Estrelas

Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Páginas: 283
Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.
 
Oi pessoas! Estou a um tempinho sem aparecer por aqui, mas é que gosto de escrever as resenhas apenas de livros que me marcam. E A Culpa é das Estrelas definitivamente vai permanecer em meu coração por muuuuito tempo!
Como vou descrever a história sem passar spoilers?
Primeiro o que me atraiu foi o título e a capa (adoro azul), mas aí eu li a sinopse e falei: tô fora! Não vou ler um livro em que tenho certeza de que pelo menos um dos personagens principais vai morrer! Não aguento, sou chorona. Mas aí comprei o livro e deixei ele quietinho ali na minha estante.
Antes do Natal eu peguei o A Culpa é das Estrelas para ler e me apaixonei pela Hazel Grace logo de cara, pois apesar de ter uma doença horrorosa que aos poucos está levando sua saúde e vida embora, não perde a capacidade de ver a vida com certo humor. Tá certo que por vezes, é um certo humor negro, mas como me identifico com isso...Gostei! Rsrs
Hazel leva sua vidinha de cancerosa, estudando, frequentando um grupo de apoio e até meio que conformada com seu destino. Mas isso muda no dia em que conhece Augustus Waters.
Augustus é um furacãozinho. Ele é um sobrevivente do câncer que frequenta o grupo de apoio por causa do seu amigo Isaac que está destinado a ficar cego por causa de um câncer nos olhos.
Apesar de Hazel não querer se envolver romanticamente com ninguém, Augustus é irresistível. O que dizer de um casal perfeito? É daqueles casais que um completa o outro e que nos faz cair de amores por eles. Não vou dizer mais nada, pois vou acabar revelando toda a história.
Apesar de ter chorado rios, achei o livro lindo demais. É triste, é alegre, é pessimista e, acima de tudo, um louvor à vida que devemos viver intensamente e agradecer por cada dia que conquistamos.
Recomendo demais!

5 comentários:

  1. Eu tbm me apaixonei por Hazel logo de cara! O livro é emocionante e me arrancou bastante lágrimas!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus! Esse livro deve ser perfeito, preciso ler.

    Beijos,
    Mandi - Book and Cupcake.

    ResponderExcluir
  3. Não li esse livro ainda, mas estou curiosa pra ler, parece interessante.

    Bejus
    Camila- Ninho de Fogo

    ResponderExcluir
  4. lindo esse livro! acho que já li umas 10 vezes, não tem como não chorar.

    ResponderExcluir
  5. Após terminar este livro precisei de dois dias para conseguir ler outro sem começar a chorar. Acho que apenas com isto você pode ter uma noção de o quanto é emocionante. “A Culpa é das Estrelas” não é de todo feliz quando você vê que seus personagens favoritos são portadores de doenças terríveis, mas também não é terrivelmente triste. Este livro me pegou de uma maneira surpreendente, eu comecei e simplesmente não consegui mais desgrudar dele até finalizá-lo. Chorei horrores com o final que o autor deu, lá no fundo eu esperava um pequeno milagre, mas como isto não é um filme da sessão da tarde então as coisas não terminam tão bem, porém eu certamente irei rele-lo novamente, ele é uma lição de vida.

    ResponderExcluir